Fundação Cultural Cassiano Ricardo

Alunos do núcleo semiprofissional em apresentação no Teatro Municipal, em 2019 / Foto: Paulo Amaral

Ao longo de seus 15 anos, o Coro Jovem Sinfônico de São José dos Campos, mantido pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo, vem provando sua eficácia na formação de talentos. Neste ano, por exemplo, 2 das 5 vagas no curso de Bacharelado em Canto Lírico, na Unesp (Universidade Estadual Paulista), foram preenchidas por alunos do núcleo semiprofissional.

Os futuros bacharéis, Amanda Godoi e Paulo Lima, alunos do núcleo semiprofissional, afirmam que a participação no Coro Jovem foi fundamental para a escolha da carreira profissional.

“Sem uma base a gente não se sente preparado e o Coro Jovem oferece uma base excepcional, tanto teórica como prática. Isso nos encoraja e nos faz ver que é possível fazer isso profissionalmente”, disse Amanda, que participa do elenco do Coro desde 2012. 

Após quatro anos e meio no projeto, Paulo destaca a importância da oportunidade dada pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo aos jovens. “Acredito que sem o Coro Jovem eu não teria conseguido passar no vestibular. É um projeto de grande importância para jovens que sonham em ser cantores, principalmente para quem é de baixa renda e não tem condições de pagar professores de música”.

Regido por Sérgio Wernec, as turmas do projeto (divididas nos núcleos preparatório, iniciante, avançado e semiprofissional), recebem aulas práticas e teóricas. Jovens de 16 a 34 anos, com ou sem experiência, têm a possibilidade de ingressar em uma formação musical que permite explorar o canto coral como uma carreira profissional. Há 15 anos, o projeto educa, forma e prepara futuros cantores profissionais.  

Wernec revela que essa não foi a primeira vez que o projeto ingressa alunos nos cursos de música. Em 2012, foram três aprovados só na Unesp, além de muitos outros que ingressaram em outras faculdades conceituadas no país, como USP (Universidade de São Paulo), Unicamp, UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e Cruzeiro do Sul. 

“Acreditamos no potencial a ser desenvolvido mediante uma sincronia de dedicação entre aluno e professor. Não existe fórmula mágica ou água milagrosa para qualquer um de nós aprendermos algo. O jeito é encarar as dificuldades, acreditar em você mesmo e confiar naqueles que estão compartilhando um pouco de si”.

Novas oportunidades

Neste ano, o Coro Jovem já está com inscrições abertas para coristas. O período de inscrição vai até domingo (dia 2) e os formulários podem ser acessados pelo site da FCCR.

A partir do núcleo iniciante, os coristas recebem bolsa-auxílio que varia de R$ 140 a R$ 560 de acordo com o nível. Para se manter no coro, todos os integrantes serão submetidos a audições internas periódicas, visando avaliar o desempenho individual e coletivo. Notas menores que 6 poderão resultar no desligamento do corista. A frequência é obrigatória e a ausência consecutiva ou não, em até três atividades, sem justificativa e autorização prévia da coordenação, também poderá resultar em desligamento.

 

Publicado em: 31/01/2020

Programação


 

Links