Fundação Cultural Cassiano Ricardo


O programa Museu Vivo é realizado pelo Museu do Folclore aos domingos à tarde, das 14h às 17h. / Foto: Divulgação

As festas juninas, realizadas tradicionalmente no mês de junho, têm características muito fortes em várias áreas, principalmente na culinária. Alguns quitutes, inclusive, levam nome de santo e já chegaram a ser feitos em grande quantidade nesta época do ano. Isso é o que conta a caçapavense Doracy Trevizano, 67 anos, sobre uma rosquinha que sua sogra fazia em homenagem ao Dia de São João (comemorado em 24 de junho).

“A família do meu esposo tinha um restaurante no sítio onde moravam, em Conchas (SP), e a rosquinha de São João era feita pela minha sogra para ser comercializada no local. Foi com ela que aprendi a fazer esta receita. Ela, por sua vez, aprendeu com a avó”, explica Doracy. Neste domingo (14) ela compartilhará este saber popular durante o Museu Vivo realizado pelo Museu do Folclore de São José dos Campos.

Uma segunda participante da atividade de domingo é a mineira Luzia Rodrigues de Faria, 67 anos, que aprendeu a fazer crochê quando tinha sete anos, no convívio com a avó, na zona rural de Formiga, onde nasceu. “Eu via ela fazendo e achava maravilhoso e queria aprender. Fui perguntando e, aos poucos, ela foi me ensinando e eu passei a fazer os pontos por conta própria”, conta Luzia.

Para completar o grupo e alegrar a tarde de domingo, o palhaço Ioiô, como é conhecido no meio artístico joseense, vai marcar presença. Maurício Aparecido Santos, 58 anos, também é de Caçapava e conta que sua família é circense. “Eu tratava dos animas do circo, na época em que eles não eram proibidos, mas aos 15 anos me interessei pela palhaçaria”, conta ele. 

Programa e gestão

O programa Museu Vivo é realizado pelo Museu do Folclore aos domingos à tarde, das 14h às 17h. A atividade é aberta ao público e acontece na área externa do prédio onde está instalada a exposição de longa duração, que também pode ser visitada neste mesmo período.

O Museu do Folclore foi criado pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo em 1987 e sua gestão é realizada pelo Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP), organização da sociedade civil sem fins lucrativos. 

Museu do Folclore de SJC
Av. Olivo Gomes, 100 – Parque da Cidade – Santana

(12) 3924-7318 – www.museudofolclore.org

Publicado em 12/07/2019

Programação



Links