Fundação Cultural Cassiano Ricardo


Uma das fotografias que compõe a exposição 'Vida e Obra da Mestra' / Foto: Dimas e Benedito Santos / Tratamento: Guilherme Augusto

A artista Dona Lili Figureira, patrona da casa de cultura que leva o seu nome, no Jardim Santo Onofre (região sudeste), será novamente homenageada. Durante todo o mês de junho, o local terá duas exposições que retratam sua trajetória.

A exposição ‘Vida e Obra de Dona Lili Figureira’ ficará no local permanentemente e é composta por mais de 30 figuras em argila feitas ao longo dos anos pelo núcleo familiar da artesã. As gravuras representam a cultura popular e remetem à vida na roça e suas festividades, como figuras folclóricas, de padres, carolas, objetos, animais, dentre outros.

Já a exposição ‘Vida e Obra da Mestra’ retrata a trajetória de Lili Figureira por meio de 11 fotografias tratadas por Guilherme Augusto e feitas por Dimas e Benedito dos Santos, filhos da patrona, em diversas épocas de sua vida. Além delas, há também uma arte digital feita pelo Carlos Rodrigo. A curadoria é da filha da artista, Fátima Santos. A visitação vai até o dia 28 de junho.

Perfil

Maria Benedita dos Santos nasceu em Taubaté e ficou conhecida como Lili Figureira. Foi uma das mais conhecidas e tradicionais artistas populares do Vale do Paraíba. Mudou-se para São José ainda pequena, onde constituiu família e aprendeu a arte de fazer figuras de barro, saber que passou aos seus filhos. Em 2009 recebeu o título de mestre da cultura. Faleceu em 2015, aos 96 anos.

 

Casa de Cultura Lili Figureira    
Rua Roberto Cruz, 40 – Jardim Santo Onofre
(12) 3942-1005
Visitação: segunda a sexta-feira, 9h às 21h

Publicado em: 03/06/2019

Programação



 

Links