Fundação Cultural Cassiano Ricardo


As Folias de Reis são uma das manifestações do catolicismo popular, reunindo devotos dos três Reis Magos. / Foto: Paulo Amaral

Anualmente, há mais de 20 anos, o Museu do Folclore de São José dos Campos organiza, no mês de janeiro, um encontro de grupos de Folias de Reis do município e de algumas outras cidades da região. Denominado de Encontro das Bandeiras, a atividade é, na verdade, uma manifestação folclórica, de cunho religioso católico, e já está em sua 22ª edição.

Neste ano, a manifestação acontece no domingo (27), das 9h às 17h, com a presença de 13 grupos. Entre eles, o da Folia de Reis Estrela de Belém, do Jardim Telespark (região norte), em São José dos Campos, que existe há 48 anos. O encontro é aberto ao público e marca, também, o encerramento do Ciclo de Natal e o fechamento do presépio do Museu do Folclore.

As 13 Folias de Reis visitarão, uma a uma, o presépio do Museu do Folclore, numa verdadeira manifestação de devoção dos seus integrantes. A programação ainda prevê, às 11h, a realização de uma celebração e benção das bandeiras, conduzidas pelo diácono Oscar Ivo, da Paróquia de Santana.

Folias Participantes

São José: Cia de Reis Esplendor do Oriente (Jd. Satélite), Cia Irmandade Santos Reis (Novo Horizonte), Folia de Reis São Vicente de Paula (Vila São Geraldo), Folia de Reis Estrela de Belém (Jd. Telespark), Folia de Reis de Santana (Santana), Folia de Reis do Mestre Zé Mira (Putim), Folia de Reis Bom Jesus do Buquirinha (Buquirinha) e Cia. dos Três Reis Estrela do Oriente (Vila Terezinha).
Jacareí: Folia de Reis Filhos do Oriente, Folia de Reis Estrela do Oriente e Folia de Reis Nossa Senhora de Guadalupe.
Paraibuna: Folia de Reis Alferes Bento.
Caçapava: Folia de Santos Reis.

Tradição

No 21º volume da Coleção Cadernos de Folclore (Folia de Reis, Sambas do Povo), publicado em 2011 pelo Museu do Folclore, o pesquisador Alberto Ikeda, autor da obra, explica que as Folias de Reis configuram uma das manifestações tradicionais do catolicismo popular que reúne devotos dos três Reis Magos.

Ainda segundo a publicação, normalmente entre os dias 24 de dezembro e 6 de janeiro, as folias visitam as casas das pessoas realizando louvações cantadas ao Menino Deus e aos Reis Magos. Nessa peregrinação, cada grupo (formado por 8 a 12 pessoas) carrega uma bandeira alusiva à devoção.

O Museu do Folclore é ligado à Fundação Cultural Cassiano Ricardo e funciona sob gestão do Centro de Estudos da Cultura Popular, organização da sociedade civil sem fins lucrativos, com sede em São José dos Campos.

 

Museu do Folclore de São José dos Campos
Av. Olivo Gomes, 100 – Parque da Cidade – Santana

(12) 3924-7318 - www.museudofolclore.org

Publicado em: 25/01/2019

Programação



Links