Fundação Cultural Cassiano Ricardo


Peça 'Carolina e Zé Vicente', da Cia Pataquada. Foto: Paulo Amaral

Dando continuidade à proposta de estimular e oferecer à comunidade diferentes linguagens teatrais, a Fundação Cultural Cassiano Ricardo programou, para este mês, três apresentações de peças infantis que utilizam a música como apoio à interpretação. Elas fazem parte do Projeto Circulação e integram a programação do Projeto Domingo no Parque, ambos desenvolvidos pela Fundação Cultural. 

Os espetáculos serão apresentados nos próximos domingos (dias 16, 23 e 30), sempre às 15h, no Parque Santos Dumont, com classificação livre.

“Cada vez que a música começa, as crianças ficam ainda mais atentas na apresentação. O refrão marcante, juntamente com o ritmo, fortalece a mensagem da narrativa, o que faz com que elas entrem em um universo mais potente”, enfatiza Fabiana Fonseca, integrante do Grupo Ziriguidum, que compôs as músicas especialmente para a peça Eu não quero o mundo imundo. 

O Projeto Domingo do Parque tem como proposta abrir espaço a grupos teatrais joseenses e regionais a mostrarem seu trabalho em um dos locais mais populares da cidade, frequentado por pessoas de diversos gostos.

 

Confira a programação 

Dia 16: Carolina e Zé Vicente, com Cia Pataquada
O espetáculo trata da saga do pobre casal de nordestinos que foi obrigado a sair de seu torrão natal devido às ameaças de um jagunço. Após tanta andança, desembocam na megalópole e passam por situações que eles próprios nunca imaginariam, nem quando eram vivos. Mas, como bons sertanejos, a versaria e a cantoria é força combatente a qualquer agrura. A peça é contada com a ajuda de cantigas populares da região de todo o Brasil, como o forró, xote e baião.

Dia 23: Narração de Histórias – Martim Cererê, com Tricotando Palavras
A peça traz em uma contação de histórias alguns poemas do escritor Cassiano Ricardo, presentes no livro Martin Cererê, trazendo de maneira lúdica para as crianças, as poesias Uiara, Sem Noite Não e Meus Oito Anos, além de lendas como a da Cuca e Saci Pererê, integrando também com cantigas e canções.

Dia 30: Eu não quero o mundo imundo, com Grupo Ziriguidum
Inspirado na obra de Umberto Eco, Gnomos de Gnu, o grupo conta a história como um convite à reflexão sobre a forma como vivemos atualmente e as necessidades de mudanças em nossas atitudes para uma vida mais saudável e feliz.  O tema, por meio também da ajuda de canções, desperta uma consciência ecológica que faz com que a criança perceba os problemas do nosso mundo.

 

Parque Santos Dumont
Rua Eng. Prudente Meireles de Morais, 1000 – Vila Adyana 

Publicado em: 11/09/2018

Programação

Links