Fundação Cultural Cassiano Ricardo


Apresentação 'Él Solo'. Foto; Divulgação

 

Em continuidade ao apoio dado a experimentos, exercícios e intercâmbios na área teatral, a Fundação Cultural Cassiano Ricardo preparou para julho mais uma programação no Centro de Estudos Teatrais (CET). O espaço está inserido ao Centro Cultural Clemente Gomes, que fica no Parque da Cidade, em Santana.

As apresentações previstas são abertas ao público e acontecerão aos sábados, às 21h, envolvendo quatro diferentes grupos/intérpretes (três nacionais e um colombiano). Os ingressos devem ser retirados no local, uma hora antes de cada apresentação.  

 

Confira a programação

 

Dia 7: ‘Él Solo’ (drama), 14 anos

Criador e Intérprete: Carlos Ramírez – Colômbia

Sinopse: O processo criativo como desafio dinâmico e espiritual. O criador e intérprete colombiano Carlos Ramírez, atravessa diversos territórios dramáticos que se manifestam em corpo e gesto e que revelam o seu próprio mundo interior. Uma reflexão íntima, cômica, delirante e comovente sobre o ato criativo, a criatividade e a solidão como aspectos inerentes da condição humana.

Esta proposta cênica foi criada e estreada em 2004 e tem sido apresentada em importantes festivais e cenários da Costa Rica, Colômbia, Croácia e Brasil. É um exemplo do desenvolvimento da dramaturgia colombiana na inovação da linguagem teatral.

 

Dia 14: ‘O Halo’ (drama), 14 anos

Grupo: Cia na Boca – Jacareí

Sinopse: A experiência da protagonista desta aprendizagem é a narrativa de uma longa viagem ao mais profundo do seu ser, até alcançar a si mesma e a chegar à consciência total. Reclusa em sua casa, ela espera algo externo: um telefonema; alguém que bata a sua porta; uma carta; uma explosão ou que uma singela descoberta aconteça mudando o curso de sua vida.

Enquanto espera, ela desenha o seu labirinto nas reflexões e questionamentos sobre a vida, o tempo, a fé entre outros temas existenciais. Inspirado na obra de Clarisse Lispector ‘Uma aprendizagem – O livro dos prazeres’, o trabalho em questão convida o espectador a mergulhar no universo interior e, com isso, considerar a possibilidade de mudar.

 

Dia 21: ‘Ciganos’ (comédia dramática), 10 anos

Grupo: Cia – São José dos Campos

Sinopse: A peça reconta a história real de uma caravana cigana de passagem pelo Piauí em 1913, que depois de um desentendimento com um importante comerciante, uma volante policial é chamada para persegui-los. Os ciganos agora terão que fugir se quiserem manter sua liberdade, mas os que eles não esperavam é encontrar pelo caminho uma antiga lenda guardada por séculos.

 

Dia 28: Chuva de Anjos (drama), 14 anos

Grupo: Teatro Kaus Cia Experimental – São Paulo

Sinopse: Escrita em 2007, o trabalho propõe uma reflexão sobre a solidão e o individualismo nas grandes cidades. A peça apresenta um diálogo improvável entre duas mulheres rodeadas de edifícios altos de onde se atiram alguns suicidas. Enquanto cada personagem se torna o cenário de sua própria tragédia, os males da contemporaneidade são apontados em um jogo de claro-escuro, de palavra e silêncio, de presença e ausência, e de caídas metafóricas.

A peça fala principalmente do isolamento, da falta de compromisso com o outro em um mundo de prédios harmoniosos e desejáveis, com paredes que abrigam, porém, também nos encerram em pequenos mundos privados e nos fazem indiferentes ao que sucede ao nosso lado, na tentativa de manter a nossa própria privacidade preservada ou simplesmente pela indiferença. A obra vislumbra, no entanto, um horizonte de esperança.

 

Centro de Estudos Teatrais (CET)

Av. Olivo Gomes, 100 – Parque da Cidade – Santana
(12) 3924-7300 / 7341

Programação

 

 

Links