Fundação Cultural Cassiano Ricardo

Os temas passeiam entre história dos tambores e sua influência em diversos contextos / Foto: Divulgação 

 

A Fundação Cultural Cassiano Ricardo abre inscrições nesta terça-feira (16) para o Projeto TAMA (ritmos afro-brasileiros). A pré-inscrição deve ser feita pelo aplicativo São José Viva  até o dia 30 de março ou até completarem as vagas. Não haverá sorteio.  

No total, serão duas turmas: iniciante e aperfeiçoamento. O Projeto retoma no dia 20 de março com a turma de aperfeiçoamento. Para essa turma há cinco vagas e é preciso já ter conhecimento sobre o tema.

Para os iniciantes, as aulas serão nas segundas-feiras, às 14 horas, com início no dia 22 de março. Estão disponíveis 15 vagas para pessoas que querem conhecer mais sobre as músicas afro-brasileiras. 

Os temas passeiam entre história dos tambores e sua influência em diversos contextos como religião, festas, ritos, lendas e comunicação, além de pesquisas sobre manifestações culturais do Vale do Paraíba.

O projeto ocorrerá de forma online pelo aplicativo gratuito Zoom, com o orientador Moringa, que é músico, educador e pesquisador dos ritmos afro-brasileiros de origem loruba presente nos rituais religiosos do Candomblé e Umbanda.

 

Sobre o projeto

O Projeto TAMA tem origem africana. A palavra Tama significa “tambor falante”. O termo remete a um tipo de tambor da família membranofone, que era utilizado em algumas regiões da África para comunicação entre tribos. A escolha do nome simboliza a importância do estudo e da valorização dessa expressão popular, que tem representatividade no Brasil por meio dos ritmos afro-brasileiros.

 

 

Publicado em: 12/03/2021

Programação

Redes Sociais

Links